Notas em referências ABNT

Quando você precisa identificar melhor a obra referenciada, a NBR 6023 permite que você inclua alguma nota.

Essa nota deve apresentar uma informação importante, como por exemplo: identificar um título original, inserir outros nomes de responsabilidade/autoria, explicar do que se trata o documento (tais como ofícios, memorandos etc.), facilitar a identificação e localização da fonte (como ISBN, OCID etc.), entre outros elementos considerados importantes dentro da sua realidade.

Para utilizar esse recurso, você precisa seguir as seguintes orientações:

  1. Posicionar a nota sempre ao final da referência – logo ali após o ano de publicação.
  2. A nota deve ser em língua portuguesa – afinal, a ABNT é uma norma brasileira e subentende-se que será aplicada em trabalhos escritos em português. Agoraaaa… se você está escrevendo seu trabalho em outro idioma e usando a ABNT sugiro (isso que vou dizer agora não tá na norma, tá?) que você descreva a nota no idioma no qual seu trabalho está sendo escrito. 😉
  3. A nota não deve ter nenhum destaque tipográfico – nada de lambuzar com negrito, itálico, sublinhado ou qualquer outro recurso que faça a nota ‘aparecer’.
  4. Em relação à traduções, a norma sugere alguns exemplos – a) Usar a expressão ‘Título original’ seguida por dois pontos e a transcrição do original; b) Mencionar as traduções feitas com base em outras traduções – {já peguei algumas referências de Sigmund Freud assim, por exemplo: a obra foi traduzida do alemão para o inglês e a tradução em português foi da versão em inglês. Entende? Se não, talvez os exemplos possam ajudar…

EXEMPLOS:

PRETO; L. T. et al. Validation of the Family Health Behavior Scale for the Brazilian population. Jornal de Pediatria, [s. l.], 14 May 2021. No prelo. Disponível em: https://jped.elsevier.es/en-pdf-S0021755721000693. Acesso em: 27 maio 2021.

SHELDON, S. Se houver amanhã. Rio de Janeiro: Record, 1999. Título original: If tomorrow comes.

SOUZA, I. O amor não falha. Recife: [s. n.], 1985. 124 p., il. Versão inglesa de Ivan Turguêniev do original russo.

_____________________

É isso! Ajudou? Deixe seus comentários ou dúvidas. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *