Conheça um portal de pesquisa sobre história, cultura e personalidades

Alô, alô querid@! O post de hoje vai te apresentar uma ferramenta de pesquisa muito, mas muito legal… que pouca gente {ainda} conhece e que indico pra tudo que é gente, principalmente para estudantes e professores de nível fundamental e médio, e pros curiosos que gostam de saber mais sobre história e cultura brasileira. É este portal aí, ó: 

Ler mais


O que vi no I Fórum Nacional de Repositórios Digitais

CriatuUuURaAAaaa da natureza! Nos últimos minutos da semana estou eu aqui trazendo novidades pra vocêêe… não quero {de jeito nenhum} deixar de te dar um hi nenhuma semaninha sequer! <3 hehehe

Estou atrasada por muitos motivos {tempo é artigo de luxo!}, e um deles foi tão massa que preciso compartilhar {bem ligeiro}: semana passada estive no I Fórum Nacional de Repositórios Digitais, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), lá em Natal {já falei um pouco aqui sobre o que é um repositório}. Estalei o juízo pra ir pq estou num processo de implantação do repositório do IMIP e estava muito “verdinha” quanto ao entendimento de tal processo… e num momento desse é imprescindível correr atrás dos experts, né? 😉

Bem, foram 3 dias de evento. O primeiro foi de mini cursos, e fiz dois: o DSpace CRIS, com o Lucas, de lá do Ibict {esqueci o sobrenome do rapaz! =P}, e o outro foi Arquitetura da informação pervasiva no contexto dos repositórios digitais, com o prof. Henry Poncio, de lá da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Ambos foram temas excelentes, o primeiro foi a apresentação de “dois softwares em um” que propõe organizar num lugar só a produção científica e as informações sobre os pesquisadores {e pesquisas} e grupos de pesquisa, associando-os; já o segundo… bem, não vou explicar nada pra não me alongar, só digo uma coisa: leia este tese aqui.

No mesmo dia, houve uma palestra de abertura {à noite, já acabada de cansada mas firme e forte} com o prof. Luís Fernando Sayão, onde ele abordou este tema aí:

curadoria-de-dados-repositorios-digitais

Foto roubada daqui. =P

Foi ótima! Pude ver o quanto eu ainda não tinha noção do que tá rolando neste ambiente de repositórios: os caras estão organizando em repositórios dados de pesquisa, que podem dar subsídios para que outras pessoas possam desenvolver pesquisas diferentes {com os mesmos dados!}. #digaí!

Pronto.. os outros dois dias foram bastante intensos também. O evento contemplou 4 eixos temáticos que considerei como os pilares da existência de um repositório:

repositorios-digitais-forum-nacional

Todos os palestrantes de cada eixo deram contribuições excelentes {sem exceção} e fundamentais, ajudando a clarear muitas de minhas dúvidas e… a criar outras {kkkkkkkk}. Voltei com o juízo fervilhando de novidades pra aplicar no trabalho.

Naturalmente, não dá pra escrever aqui em detalhes tudo o que vi por lá, passaria o resto do dia escrevendo… {hehehe}. Com essas iBagens aí de baixo dá pra saber mais um bocadinho do que vi no evento… {Fui com minha companheira para assuntos “repositorianos”, Susi Vila Nova. E ela me apresentou um pessoal MARA por lá.. foi ótchimo!  <3}.

Ahhh… E o espaço dos comentários está super aberto pra trocarmos ideia sobre o tema, o que eu não souber pedirei ajuda aos universitários. 😉


Encontre mais fontes para o referencial teórico da sua monografia

estudando

OieeeRRR! Tá difícil encontrar fontes para escrever o referencial teórico da sua monografia? Talvez você precise sair da sua “zona de conforto”… já parou pra refletir sobre isso? Não?! Então prestenção nestes dois alertas:

ALERTA I, se você não achou nada relevante sobre o seu tema não se aperreie: isso não quer dizer {necessariamente} que ele nunca foi pesquisado por alguém. Você pode estar utilizando as palavras e/ou estratégias de busca de maneira não adequada à base na qual você está pesquisando. Sacou? Cada base tem uma linguagem de busca específica {além das universais}, o campo ajuda da base pode te ajudar a entender tal linguagem.

ALERTA II, procure bases de dados diferentes das quais você já pesquisou {adequando as estratégias de busca}. Não limite sua busca à uma base/portal, faça uma pesquisa exaustiva em várias bases {5, 10… bases, não se acanhe}. Arregace as mangas e vá atrás.

Se você não conhece bases diferentes das basiconas da sua área de atuação, tenho uma dica master:

Ler mais


Conheça uma fonte com mais de 300 livros digitais gratuitos

Gente do céu! Não perde este post que eu vou te dar o endereço de uma mina de informacao que pode ajudar a compor o conteúdo da tua monografia.

Trata-se do selo Cultura Acadêmica da Fundação Editora Unesp, que publica trabalhos produzidos na universidade em formato digital, disponibilizando-os gratuitamente pra esse mundão todinho lindo afora! <3

ebook-gratuito-unesp

São mais de 300 títulos diferentes nas áreas mais diversas do conhecimento, e pra acessar qualquer pessoa pode fazer o cadastro lá na página, navegar pelo catálogo e baixar o que interessar. Esta coleção existe desde 2009 e cada título tem, em média, 50 mil downloads. 😮

Tu vai perder?! Corre pra acessar, e pra se cadastrar. Aproveitaaa!!! 🙂

 


Conheça o mais novo portal gratuito de informação em saúde

Oi! O Grupo Gen está no mercado brasileiro desde 2007 e tem, no Brasil, três grandes editoras da saúde: Guanabara Koogan (de 1932), Santos (de 1974) e Roca (de 1980). E no fim do mês passado eles lançaram um portal de informação em medicina e saúde, o GEN Medicina, você viu?

gen medicina.jpg

O conteúdo do portal é escrito por profissionais da saúde, oferecendo informação em formato de entrevistas, vídeos, artigos e casos clínicos. Lá, você pode fazer pesquisa por palavra-chave clicando na lupa verde, no alto da página à direita, como mostra a ilustração a seguir.

Ler mais


Aprenda a pesquisar no Portal de Periódicos da Capes

Oi! Tranquilidade? Já falei aqui que sou fã do Portal da Capes? Pois é… sou fã! <3
Informação científica é muito cara, nem todo mundo pode pagar, e um produto desse disponível “gratuitamente” pra todo país, desde o ano 2000, não pode ser desperdiçado. Já falei um pouco sobre ele aqui no blog, e sempre que tenho oportunidade o apresento pra alguém… {dia desses conheci uma professora de geografia no aeroporto de Brasília e fui logo apresentando pra ela.. hahaha}

portal capes

Os melhores periódicos do mundo estão disponíveis lá, alguns gratuitamente, outros apenas nas instituições conveniadas. Aqui em Pernambuco, você pode acessar nas seguintes instituições: UFPE, UFRPE, UPE, UNIVASF, UNICAP, IMIP, IFPE, IFSertãoPE, ITEP, CESAR, FPS, FACEPE e FBV {Segundo a própria Capes, nenhuma instituição tem acesso a todas as bases restritas contratadas}. Procure a biblioteca da sua universidade pra saber se ela tem convênio. 😉

Com mais de 35 mil títulos de periódicos disponíveis, além de outros tipos de documentos científicos, é bom ter uma orientação básica pra explorar o Portal da Capes da melhor forma possível. Para isso, este ano eles estão oferecendo treinamentos online, mostrando como pesquisar no buscador da página principal e apresentando cerca de duas bases disponíveis. Os treinamentos estão classificados por grandes áreas: Ciências da Saúde; Ciências Humanas; Ciências Sociais Aplicadas; Engenharias; Linguística, Letras e Artes; Ciências Agrárias… etc.

Confira aqui o calendário de treinamento e faça sua inscrição ligeiro. Não dá pra perder essa oportunidade, né?

Se tiver dúvida, me chama aqui que eu te ensino como se inscrever. 🙂