Qual a diferença entre citação direta e citação indireta?

Oi!! Vamos esclarecer hoje o que é citação?

Bora lá… Você já deve tá careca de saber que precisa fazer um levantamento bibliográfico na literatura científica sobre o tema escolhido para seu trabalho, e que você deve citar os autores e/ou publicações mais importantes da área. Ok. Mas… o que é citar?

Segundo o Houaiss (2009, p. 475), é "transcrever, referir ou mencionar como autoridade ou exemplo ou em apoio do que se afirma".

{citar é isso aí que acabei de fazer: citei o Houaiss, entendeu?}

Pronto. Sabendo o que é citar você já deve imaginar que encher o seu trabalho de citações pode não ser interessante, e copiar o que um outro autor escreveu com suas palavras, sem dar os devidos créditos, é plágio! Você precisa dar os créditos. Segundo a NBR 10520:2002 da ABNT, você pode citar uma informação em seu trabalho de duas formas: direta e indireta.

Ler mais


5 dicas infalíveis para não perder pontos nas citações de sua monografia

Olá, tudo bem?

Antes de você adentrar no mundo da monografia, eu preciso te dizer uma coisa muito importante:

É praticamente impossível inciar um trabalho acadêmico de conclusão  de curso, sem antes se debruçar na pesquisa bibliográfica para elaborar um referencial teórico sobre o tema que você escolheu dissertar.

DELEITE-SE sobre a bibliografia do seu tema SEM MEDO.

DELEITE-SE sobre a bibliografia do seu tema SEM MEDO.

Isso quer dizer que grande parte do seu trabalho acontece antes mesmo de você pôr as mãos na massa. Mas calma. Eu estou aqui para te ajudar a encontrar o caminho menos doloroso possível, nessa sua jornada. Então, vamos lá…

Neste post eu separei 5 dicas que eu considero fundamentais para eliminar ao máximo as chances de você perder pontos por erros de citação em sua monografia. Independentemente da norma que você escolher, siga essas dicas e tenha paciência. O trabalho está só começando…

Ler mais


Normas ABNT para formatação de trabalhos acadêmicos. Por onde começar?

Olá, tudo bem? Pra começar falando em normalização de trabalho acadêmico pela ABNT – se seu trabalho é uma tese, dissertação ou TCC – é importante saber que a norma que te norteará é a NBR 14724: Trabalhos acadêmicos. Estar atento à edição mais atual da norma é fundamental, pois todas elas são revisadas anualmente e, quando necessário, são modificadas invalidando as edições anteriores. Para ter certeza que você está usando a última edição da norma sugiro consultar o catálogo da ABNT, a última edição é a de 2011. {consulta ao catálogo ABNT em 2/6/16}

Algumas NBR de informação e documentação apresentam referências normativas, i. é, a lista de documentos complementares indispensáveis para aplicação da norma. No próprio catálogo da ABNT eles já apresentam um tópico informando, os da NBR 14724:2011 são as seguintes:

normas necessarias aplicacao 14724

Então, só pra esclarecer: pra normalizar seu trabalho pela NBR 14724 você vai precisar consultar todas essas normas ABNT acima listadas {e suas respectivas referências normativas}: NBR 10520: Citação em documentos, NBR 12225: Lombada, NBR 6023: Referências, NBR 6024: Numeração progressiva das seções de um documento escrito, NBR 6027: SumárioNBR 6028: Resumo, NBR 6034: Índice; além do Código de Catalogação Anglo-Americano (AACR), que vai te ajudar a fazer sua ficha catalográfica (elemento obrigatório para o trabalho); e as Normas de Apresentação Tabular do IBGE, que te ajudará a padronizar a apresentação de dados numéricos em tabelas. As normas ABNT e o AACR você pode adquirir no site de cada associação e a norma IBGE está disponível para download no site do instituto.

Sabendo que existe isso aí é bom dar uma olhada pra começar a escrever seu trabalho meio que pré-normalizado, assim você só precisará dar os ajustes finais. Das ABNT’s NBR citadas acima, sugiro começar pela seguinte ordem: 1°) NBR 14724; 2°) NBR 10520 e 3°) NBR 6023. As demais são importantes, mas dá pra você lapidar no final com menos trabalho.

É por aí, caro leitor. Mãos à obra! 🙂

#PartiuNormalizar

cropped-375215_291743497534932_265249295_n-cc3b3pia1.jpg

P.S.: E não esquece que se pintar aquela dúvida, grita por nós! 😉


O mito da normalização

citacao direta com recuo 2

Você pode até continuar achando que a normalização é a parte mais chata de fazer na sua monografia, tese, dissertação ou artigo científico, mas não poderá – jamais! – afirmar que é um trabalho desnecessário. Um trabalho elaborado a partir de fontes de informação de qualidade e estruturado, de acordo com normas previamente estabelecidas e reconhecidas pela comunidade científica, tem mais chances de ser aceito e disseminado junto à sua respectiva comunidade científica, dando-o até maior credibilidade. Não tem pra onde correr, seu trabalho precisa ser estruturado por alguma norma.

A International Organization for Standardization, a famosa ISO, é responsável pelo estabelecimento de normas em tudo que é área que você possa imaginar, dela também partiu as normas de padronização de documentos científicos. Pra entender melhor o papel dessa organização dá uma olhada nesse vídeo aí, ó:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=AYBVTeqKahk&w=560&h=315]

No Brasil, a responsável por criar normas baseadas na ISO é a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). É lá que você vai encontrar e adquirir (Sim! As normas ABNT são comercializadas) as normas brasileiras referentes à normalização de documentos (científicos ou não).

Mas nem só de ABNT’s vivem os trabalhos acadêmicos e artigos científicos, por exemplo, quando precisam ser submetidos à uma revista científica precisam estar estruturados de acordo com as normas estabelecidas pela revista na qual será submetido; programas de graduação e pós-graduação também criam suas próprias regras de normalização de trabalho (baseadas nas ABNT ou outras normas internacionais)…

É, meu caro leitor, há muitas normas documentais estabelecidas nesse mundo afora e o infonormas será seu guia definitivo sobre normalização de trabalhos científicos, mostrando que essa é a parte mais simples (e até gostosa) de fazer. Apresentaremos a você os bizus das mais famosas, dicas de como utilizar a seu favor ferramentas de edição de texto e um plus: dicas de fontes de informação científica (riquíssimas!) pra te ajudar onde encontrar informação de qualidade para compor seu trabalho. E qualquer dúvida que surgir não hesite em nos questionar, beleza? Use os comentários aqui do blog ou das nossas redes sociais, que responderemos o quanto antes, ok? E não deixe de compartilhar nosso conteúdo com todos os seus amigos que estão precisando de uma ajudinha para normalizar os seus trabalhos. Estaremos sempre às ordens! 😉

Valeu!

#PartiuNormalizar #PartiuPesquisaCientífica

cropped-375215_291743497534932_265249295_n-cc3b3pia1.jpg