ASCE, uma fonte de informação em engenharia, arquitetura, geociências e ciências ambientais

giphyOier pra você! Tudo  na santa paz?

O post da semana traz uma dica de fonte de informação para profissionais das áreas de engenharia, arquitetura, geociências e ciências ambientais, mantida pela American Society of Civil Engineers, a ASCE.

Trata-se de uma base de dados especializada, com conteúdo revisado por pares, que dispõe de artigos científicos, livros, anais de congresso e relatórios. É proprietária, mas se você tá no Brasil pode acessar pelo Portal da Capes <3 #crush {Inclusive, muita informação que divulgo aqui trago das notícias do Portal, visse?! Depois dá uma chegadinha por lá pra ver tb…}

O que está disponível via Portal Capes, em maior quantidade mesmo, são os periódicos. Acessando na busca avançada por base {pelo título da base “asce”} encontrei 38 títulos de periódicos, saca só a lista:

Ler mais


40 e-books científicos para você acessar gratuitamente

Oooii! Sabe aquele livro super indicado como uma excelente fonte de estudo, e que tem uma fila de reserva enorme na biblioteca da sua faculdade? Ele pode tá disponível numa versão digital {legal!} e de graça! Adivinha onde… 😉

No Portal de Periódicos da Capes {sempre ele! <3 }. Lá tem um pacote com 40 e-books em português, publicados pela editora Elsevier {responsável por publicar muitos títulos científicos}, nas áreas de Administração, Economia, Engenharia, Turismo, Comunicação, Computação e Relações Internacionais.

Segundo a própria Capes, os 10 títulos {em português} mais acessados no primeiro trimestre deste ano foram esses daí: 

Ler mais


Conheça o Portal Britannica Escola, um recurso gratuito para o Ensino Fundamental

Oi! O post de hoje trará um elemento nostálgico pra mim e {talvez} pra você que viveu – alguma vez na vida – a experiência de ir à uma biblioteca para consultar o verbete de uma enciclopédia impressa… {Oh, gosh! Tô ficando velha… hahaha}

Certamente, esse tipo de consulta não será a primeira opção de pesquisa do estudante de hoje, né? Algumas enciclopédias famosas até foram descontinuadas no formato impresso, sendo atualizadas apenas no formato digital {bom pro meio ambiente!}…

Enfim! Poderíamos conversar muito sobre as vantagens e desvantagens do tipo de suporte de uma enciclopédia. Mas eu quero mesmo é apresentar pra você neste post o portal Britannica Escola

Ler mais


Duas fontes indispensáveis para pesquisa e prática profissional em Enfermagem

Olá, pessoa linda! Tudo tranquilo? Preciso te dizer que hoje, 12 de maio, é comemorado em todo mundo o dia de um profissional que certamente já te ajudou: o/a enfermeiro/a.

ffe22547f0fc7547ae64c2a6b51080a3

Soube ontem da data {no fim da noite!} e, como trabalho num hospital-escola, lá tenho contato (quase diariamente) com enfermeiras {formadas e em formação}, não poderia nunncaaa deixar de homenagear essa galera que cuida da gente nos momentos mais chatos da nossa vida, né?! <3

Ok. Chega de confete e vamos às fontes… 

Ler mais


4 dicas para abreviar corretamente títulos de periódicos

Oi! É sempre bom lembrar que não é permitido abreviar palavras de qualquer jeito. Na gramática da língua portuguesa há algumas regrinhas básicas de abreviaturas, e se você está normalizando seu trabalho acadêmico é bom saber que também há uma norma ABNT pra abreviaturas: a 6032:1989 – Abreviação de títulos de periódicos e publicações seriadas.

Sim. Até pra isso tem norma… e mesmo se não for normalizar seu trabalho pela ABNT você vai precisar saber qual a abreviatura usada para cada título de periódico que você listou lá nas referências pq tb há orientações para abreviar no estilo Vancouver… {e outros} 😛 Não tem muito pra onde correr.

Pensando em facilitar sua vida, no que diz: não precisar consultar as normas, vou te indicar 4 fontes onde você pode se certificar se você abreviou corretamente o título do periódico.

Ler mais


O que você precisa saber sobre Fator de Impacto

fator-de-impactoOi! Tudo tranquilo? Se você está escrevendo um artigo para submeter a alguma revista científica, certamente você já ouviu falar em Fator de Impacto (FI). Esta história toda começou lá pela segunda metade do século XX com a necessidade de tentar identificar documentos científicos importantes para compor um acervo… Mas esse blá blá blá não vai servir muito pra você, a não ser que o tema de sua pesquisa tenha relação com tudo isso… é? ¬¬. Se não, vamos ao que interessa. 🙂

Pra começar, no mínimo você tem que saber o que danado é o FI… é um índice do Institute for Scientific Information, publicado na base Journal Citation Reports (JCR) desde 1972, que permite você “avaliar e comparar periódicos usando dados de citação obtidos [em um determinado período de tempo] de aproximadamente 12.000 publicações técnicas e acadêmicas e anais de congressos de mais de 3.300 editoras em mais de 60 países” (Portal Capes).

Pra ilustrar, existe um cálculo pra obter o FI, que é mais ou menos assim…

Ler mais


Aprenda a pesquisar no Portal de Periódicos da Capes

Oi! Tranquilidade? Já falei aqui que sou fã do Portal da Capes? Pois é… sou fã! <3
Informação científica é muito cara, nem todo mundo pode pagar, e um produto desse disponível “gratuitamente” pra todo país, desde o ano 2000, não pode ser desperdiçado. Já falei um pouco sobre ele aqui no blog, e sempre que tenho oportunidade o apresento pra alguém… {dia desses conheci uma professora de geografia no aeroporto de Brasília e fui logo apresentando pra ela.. hahaha}

portal capes

Os melhores periódicos do mundo estão disponíveis lá, alguns gratuitamente, outros apenas nas instituições conveniadas. Aqui em Pernambuco, você pode acessar nas seguintes instituições: UFPE, UFRPE, UPE, UNIVASF, UNICAP, IMIP, IFPE, IFSertãoPE, ITEP, CESAR, FPS, FACEPE e FBV {Segundo a própria Capes, nenhuma instituição tem acesso a todas as bases restritas contratadas}. Procure a biblioteca da sua universidade pra saber se ela tem convênio. 😉

Com mais de 35 mil títulos de periódicos disponíveis, além de outros tipos de documentos científicos, é bom ter uma orientação básica pra explorar o Portal da Capes da melhor forma possível. Para isso, este ano eles estão oferecendo treinamentos online, mostrando como pesquisar no buscador da página principal e apresentando cerca de duas bases disponíveis. Os treinamentos estão classificados por grandes áreas: Ciências da Saúde; Ciências Humanas; Ciências Sociais Aplicadas; Engenharias; Linguística, Letras e Artes; Ciências Agrárias… etc.

Confira aqui o calendário de treinamento e faça sua inscrição ligeiro. Não dá pra perder essa oportunidade, né?

Se tiver dúvida, me chama aqui que eu te ensino como se inscrever. 🙂


Utilidade Pública! Como acessar o conteúdo restrito do Portal Capes com poucos cliques.

Não tenha dúvida: o tempo é o bem mais precioso que você tem. E por ter certeza disso, preparei este post excepcional, pois você não poderia esperar mais um dia pra conhecer esta maravilha da humanidade, né? hehehe…

Quem tem o acesso institucional do conteúdo restrito do Portal de Periódicos da Capes soube recentemente que desde o dia 1º de junho deste ano, para acessar tal conteúdo, será obrigatório agora passar pelo portal. Essa notícia foi comunicada pela própria Capes e na página inicial tem esse comunicado amarelo aí, ó:

capes

É importante frisar que todo o conteúdo continua disponível, mas agora a porta de acesso a ele é obrigatoriamente pelo portal.

Este feito pode até ser benéfico ao Portal, pelos motivos descritos nesta nota da página inicial, mas na prática isso trouxe umas dores de cabeça menos agilidade no acesso aos conteúdos restritos que eram liberados com o simples reconhecimento do IP registrado.
Ou seja: atrapalhou a vida do pesquisador.

Daí, eis que surgem dois anjos do Instituto de Física da Universidade Federal de Uberlândia,  o Prof. Dr. Gerson J. Ferreira e Bruno Messias de Resende, com um pluggin para os navegadores Google Chrome (v3.3)Mozilla Firefox (v3.3Apple Safari (v2) que faz esse reconhecimento e direcionamento automático para as páginas e documentos de acesso restrito, facilitando assim a vida de centenas de milhares de pesquisadores neste Brasilzão afora. <3

Ainda está em fase de desenvolvimento e testes, mas você pode saber mais {baixar e testar} nesta página aqui ó >> http://www.infis.ufu.br/capes-periodicos

Muita luz, saúde e mais sabedoria aos profs. Gerson e Bruno. Um xêro!
Se você tem dúvidas ou quer saber mais, grite. 😉

P.S.: por favor, compartilhem ao máximo este post para ajudar o trabalho de milhares de pesquisadores brasileiros, tá certo? Conto com vocês. 🙂

 


5 fontes de informação poderosas para alavancar suas pesquisas em saúde

"Muitas vezes, sentimo-nos impotentes perante o vórtice informacional, no qual se acoplam meios e mensagem, em uma poderosa sinergia geradora de compulsividades, tanto ligadas à impraticável atualização de conhecimentos como à busca insaciável de orientações, preceitos, aconselhamentos, referências. Em especial aquelas dirigidas ao âmbito da saúde, que, infelizmente, tendem também a carecer de perenidade." (CASTIEL e VASCONCELLOS-SILVA, 2006, p. 46)

Você também sente esta impotência do quando dá de cara com o levantamento bibliográfico de sua pesquisa? Difícil saber para que lado nadar num oceano de informações, principalmente quando você está em alguma área da saúde, né? Pois bem.. foi por perceber isso que me encantei pela área de informação em saúde e decidi mergulhar de cabeça para ajudar profissionais como você.

Em minha principal atividade profissional, lá no IMIP, quando vou orientar estudantes e profissionais que buscam por informação, tanto pra se atualizar/formar quanto para desenvolver pesquisas, indico as seguintes fontes de informação para começar:

bireme

Biblioteca Virtual em Saúde (BVS/Bireme) – é um portal que promove o acesso livre e democrático à fontes de informação científica e técnica em saúde da América Latina e do Caribe, englobando bases como a Lilacs e Medline, além de inúmeras coleções gerais e temáticas alimentadas pela Rede BVS.

Ler mais